preloader

Arrancada a ferros

Ala Nun’Alvares de Gondomar 2 – 3 Vitória SC (25-20, 17-25, 22-25, 25-23 e 10-15)

Muita emoção e competitividade no jogo que opôs a equipa sénior masculina de voleibol ao Ala Nun’Alvares de Gondomar. A equipa vitoriana não entrou bem no jogo, cometendo muito erros não forçados e o adversário aproveitou para colocar-se em vantagem, vencendo o primeiro set de forma confortável. Os comandados de Luís Paço entram no segundo parcial determinados a reagir e tomam conta do set desde o início vencendo e equilibrando o marcador. O Vitória volta a entrar melhor no terceiro, mas o Ala Nun’Alvares reage e equilibra a contagem. No final do set, os vitorianos foram mais fortes e concluem a reviravolta. O quarto parcial foi marcado pelo equilíbrio e foi preciso chegar ao último ponto para decidir o vencedor. Neste caso foi a equipa da casa que leva o jogo para a negra com um resultado de 25-23. Chegados à negra, o Vitória entra mais forte e chega aos oito pontos com uma vantagem confortável. O adversário nunca desistiu, mas a equipa vitoriana susteve a reação alheia e acaba por levar a vitória para Guimarães. O treinador Luís Paço estava satisfeito por uma vitória importante que não foi mais icisiva pela juventude da sua equipa: “Foi uma vitória muito importante para os nossos objectivos. Entramos muito mal em jogo, a cometer muitos erros não forçados pela inexperiência da nossa equipa. Fizemos alguns ajustes e acabamos por ser um justo vencedor num jogo de nervos”.