preloader

Vitória faz jus ao nome

Estupiñan dita triunfo sobre o Marítimo

Aí está a terceira vitória consecutiva do… Vitória, que embala para uma sequência digna do nome que o Clube ostenta e que a equipa principal de futebol tão bem tem personificado em campo.

O goleador de serviço, Óscar Estupiñan, voltou a facturar, assinando no início da segunda parte aquele que viria a ser o único golo do encontro. É uma fase superlativa do avançado colombiano, que já havia marcado frente ao Nacional e assistido em Famalicão, sendo presença constante nesta boa série da equipa de João Henriques.

O Marítimo, diga-se, deu boa réplica aos Conquistadores, sobretudo na etapa inicial. O período menos conseguido do Vitória foi rebatido logo no recomeço, surgindo Quaresma a cruzar, Rochinha numa primeira tentativa a que Amir correspondeu com uma boa defesa e Estupiñan, felino, a decidir na recarga.

O jogo abriu, o Marítimo ainda teria uma grande penalidade que o VAR, bem, descortinou como indevida e por aí se ficou a reação, passando novamente o Vitória a assumir as grandes oportunidades do encontro. Não foram poucas, refira-se, mas o golo da tranquilidade foi sendo sucessivamente adiado, persistindo o 1-0 com que se chegou ao final.

Com um jogo em atraso, os Conquistadores passam a somar 29 pontos, deslocando-se ao terreno do SL Benfica, na próxima sexta-feira, para o jogo referente à 17.ª jornada.