preloader

Final atribulado

CAB Madeira 63 – 60 Vitória SC

A equipa sénior feminina deslocou-se a Lisboa para defrontar o CAB Madeira, em jogo em atraso da Liga Skoiy.

A equipa madeirense, a jogar em casa emprestada, entra melhor em jogo com as vitorianas com algumas dificuldades em parar um CAB muito forte fisicamente. No entanto ambas as equipas não lançavam com muita eficácia e no fim do primeiro período o resultado era de 15-11.

As vitorianas subiram de rendimento no segundo quarto e equilibraram ainda mais as operações. O jogo continuou com pouca eficácia ofensiva e no descanso, o resultado mostrava uns parcos 31-28.

O equilíbrio deste encontro espelhava o embate entre estas duas equipas no Pavilhão da Unidade Vimaranense e a toada de parada e resposta continuou a marcar o jogo no terceiro parcial. Cinco pontos separam as duas equipas à entrada para o decisivo período.

Ambos os conjuntos tiveram momentos no último quarto, mas nenhuma equipa conseguiu impor-se e a 29.2 segundos do fim a equipa vitoriana vencia por 59-60.

A equipa madeirense nas posses de bola finais foram mais agressivas e acutilantes levando para a Madeira os dois pontos.

Rui Costa salientou a luta que a sua equipa deu do início ao fim e garante que este resultado não muda um milímetro o foco da equipa neste momento: “Lutamos de alma e coração e no final o triunfo podia ter caído para nós. Esta derrota não muda em nada aquilo que é o nosso principal foco neste momento da temporada: preparar os playoffs e chegar lá nas melhores condições possíveis”.

A equipa vitoriana volta a jogar este domingo em Lisboa, desta vez frente ao Queluz.