preloader

Xadrez de Rei ao Peito

Ecletismo vitoriano reforçado com nova modalidade

O xadrez é a mais recente modalidade do Vitória Sport Clube.

Um desporto que António Silva diz ter já uma ligação vincada com a cidade: “Existem uma ligação antiga entre o xadrez e a cidade, mas acreditamos que podemos fazer mais. Queremos crescer e massificar a prática do xadrez na cidade e no Vitória”.

O diretor da nova secção afirma que o projeto surge da incorporação, por parte dos conquistadores, do núcleo de xadrez do Fórum Airão de São João, um sonho concretizado para a grande parte dos agora atletas vitorianos: “Verifiquei que a maior parte dos miúdos que nós temos é do Vitória e todos eles me diziam que sonhavam um dia representar o clube”.

A secção vai começar com uma base de jovens atletas, com idades compreendidas entre os 8 e os 15 anos, que irão competir em competições individuais e coletivas frente a adversários de todas as idades.

Para além disso, passará também pelo Vitória, em conjunto com os restantes clubes federados da cidade, a organização do Guimarães Chess Open, um prestigiado torneio internacional que conta já, para a sua edição de 2021, com inscrições de 25 países diferentes.

Tudo em nome do crescimento da modalidade na cidade e no clube: “A prática do xadrez está já implementada, sobretudo a nível escolar, mas acreditamos que sendo um projeto do Vitória, vamos conseguir fazer crescer ainda mais. Até porque é um desporto que potencia as capacidades a vários níveis dos seus praticantes e esse desenvolvimento desportivo e individual é também um dos aspetos importantes desta aposta”.

Tudo pronto para um arranque competitivo que acontecerá já para este fim de semana, com a participação dos vitorianos no Campeonato Distrital de Jovens da Associação de Xadrez do Distrito de Braga.