preloader

Guilherme Guedes: “O jogador do Vitória tem caraterísticas próprias”

Médio vitoriano em antevisão ao jogo com o Belenenses SAD

Regressado dos compromissos da seleção sub-20 de Portugal, o médio Guilherme Guedes, ou Gui como é conhecido no mundo do futebol, falou aos meios do Vitória SC sobre a semana que passou, regressando agora para preparar o duelo com o Belenenses SAD. A par de Gui, foram chamados a representar Portugal André Almeida, Tomás Händel, Celton Biai, Hélder Sá, André Amaro e Herculano, algo que, para o médio, é reflexo da qualidade da formação vitoriana. “Tem sido uma semana muito boa, fiz dois jogos na Seleção, agora estou de volta ao clube, numa equipa A que me dá muita competência física e também técnica. É sempre muito bom jogar na Seleção, mas se estou lá, também é pelo que tenho feito no clube e pelos meus colegas que me têm ajudado. Acho que o jogador do Vitória tem caraterísticas próprias, a nível de intensidade, de querer mostrar tudo o que temos em jogo, acho que é uma caraterística própria de um jogador do Vitória. Acho que o Vitória tem uma formação fantástica e é por isso que tivemos bastantes jogadores nas seleções nacionais.”

Parte integrante da equipa principal do Vitória SC, onde treina diariamente, Gui tem mantido o ritmo competitivo nos jogos da Liga 3, ao serviço da equipa B, trabalhando para ser opção de Pepa nos jogos da Liga Portugal bwin. “Acho que todos os jogadores precisam de ritmo de jogo. Treinar é bom mas jogar é sempre melhor, e acho que isso vai-nos fazer bem. A equipa A dá-nos outras competências e quando jogamos pela equipa B, acho que nos sentimos mais fortes física e tecnicamente, e esse ritmo competitivo ajuda-nos quando regressamos à equipa A.”

O meio-campo vitoriano é repleto de opções de qualidade, algo que Gui vê como sendo um incentivo ao seu crescimento enquanto jogador e pessoa. “Tem sido um ano de sonho, a verdade é que ainda estamos no início, mas para mim é algo que eu já queria há muito tempo. Consegui esse objetivo, espero continuar a trabalhar aqui na equipa A e isso vai-me fazer evoluir enquanto jogador e enquanto pessoa. Os treinos aqui são muito exigentes, o Vitória tem um plantel muito forte e eu como jovem, vejo colegas a trabalhar ao meu lado, como o André André, o André Almeida, que são referências, e tenho de aprender e trabalhar com eles. A exigência é sempre alta e vai-me fazer bem, de certeza, treinar com eles.”

Com o foco centrado no Belenenses SAD, o jovem de 19 anos analisou a equipa adversária deste próximo domingo. “É uma equipa que joga com as linhas um bocado recuadas, vamos ter de ter alguma paciência com bola, mas acho que o Vitória tem, individual e coletivamente, uma equipa muito forte e de certeza que se estivermos ao nosso melhor nível as coisas boas vão acontecer. Acho que o segredo está no treino. Se treinarmos bem, acabamos por jogar bem. Se defendermos bem, acabamos por defender bem. Acho que os treinos nos têm mostrado e dado qualidade e confiança, e é isso que queremos transportar para o jogo.”

O Vitória SC recebe o Belenenses SAD neste domingo, 12 de setembro, a contar para jornada 5 da Liga Portugal bwin.