preloader

Pepa: “Fica um sabor amargo”

Treinador do Vitória SC no fim da partida

Foi até ao último minuto que o Vitória SC procurou o golo em Alvalade, frente ao campeão nacional, numa exibição em que os comandados de Pepa bateram-se, frente a frente, com o Sporting CP. O treinador vitoriano, em declarações após o jogo, enfatizou a entrega e qualidade da equipa, imagem de marca do grupo de trabalho. “Isso é inegociável, procuramos sempre jogar de igual para igual, só se não conseguirmos, mas tentar, vamos tentar sempre. Tivemos uma entrada boa, com critério, depois dos 15 minutos iniciais, começámos a sentir dificuldades, a não ter bola e quando a tínhamos, sentíamos dificuldade em sair da pressão. Isso tirou-nos oxigénio, discernimento e alguma confiança. Depois, o Sporting fez o golo e tomou conta do jogo. Na segunda parte, fomos iguais a nós próprios, tivemos oportunidades, pressionantes, a equipa jogou muito mais junta. Mas, no geral, as duas equipas fizeram um jogo muito bom.”

O jogo da 10.ª jornada deixa um sabor amargo por não se ter conseguido materializar as oportunidades de golo, numa partida em que o Vitória acabou com 51% de posse de bola e nove remates, número igual ao da equipa da casa. “Foi um bom jogo com as duas equipas a procurar a vitória. Da nossa parte, quem entrou, entrou bem e conseguiu dar energia à equipa. No entanto, fica um sabor amargo por não termos conseguido fazer um golo para entrar na discussão do jogo. Tudo fizemos, tivemos oportunidades, que construímos não no desespero, mas com qualidade.”