preloader

Pepa: “Faltou agredir mais”

Treinador vitoriano no fim do jogo com o Boavista

O treinador vitoriano, Pepa, abordou, em conferência de imprensa, o empate do Vitória SC frente ao Boavista FC no Estádio do Bessa. “Fomos superiores na primeira parte, tivemos qualidade com bola, saída limpa e com muito critério. Boavista com muita mobilidade na frente e a procurar muita profundidade. Estávamos a conseguir pressionar alto, estivemos num nível muito alto nos primeiros 45 minutos, mas faltou agredir mais, fixar a linha de três do Boavista e definir melhor, aproveitar o espaço por fora. Perdemos algumas bolas, houve uma ou outra oportunidade do Boavista em erros nossos. Na segunda parte o Boavista entrou forte, mas também tivemos postura, o jogo ficou mais equilibrado e depois da expulsão – e foi bem expulso -, o jogo pendeu muito mais para o Boavista. Deixámos de conseguir pressionar alto e passámos algumas dificuldades. Foi pena porque foi um espetáculo tremendo, mas a expulsão é justa. Foi pena porque estávamos confortáveis e sentíamos que íamos vencer.”

O jogo marca a estreia de Dani Silva que, tal como muitos outros jovens, foram lançados ao longo desta temporada no plantel principal do Vitória. “Cinco estavam na equipa B no início da época e não é lançar à toa. Não são o futuro, são o presente e o Vitória é isto. Enche-me de orgulho. Jogadores com personalidade, ninguém tremeu e este é o caminho. Este patamar tem uma exigência tremenda e eles estão preparados, estamos cá para fazê-los crescer.”