preloader

União vitoriana

Comunicado

Na véspera da viagem para mais uma epopeia vitoriana pela Europa, já se sente a antecipação do encontro frente ao HNK Hajduk Split, a contar a 1.ª mão de 3.ª pré-eliminatória da UEFA Europa Conference League. Depois de um par de jogos frente ao Puskás Akadémia FC, onde o Vitória SC saiu por cima, é a vez de levar o Inferno Branco à Croácia, depois do mesmo se ter sentido na Hungria, na passada quinta-feira.

Os cerca de 100 adeptos vitorianos que estiveram presentes a apoiar a equipa em Felcsút, no Pancho Aréna, foram incansáveis do primeiro e ao último minuto e provaram, mesmo em minoria, o porquê dos vitorianos serem os melhores adeptos do mundo, seja fora ou em casa. Os Conquistadores são mais fortes quando sentem o apoio dos seus adeptos, e tal como aconteceu em Felcsút, não será diferente em Split.

Nesta quinta-feira, em Split, vai apresentar-se uma equipa do Vitória determinada, confiante, com qualidade, perante um adversário que tentará tirar vantagem do ambiente adverso que se irá sentir, e será preciso um Vitória unido, em todas as frentes, para conseguir levar de vencida esta difícil eliminatória. Por essa razão, é fundamental esclarecer alguns pontos que levantaram alguma celeuma no decorrer desta passada semana, até porque um Vitória unido é um Vitória esclarecido.

Na próxima quinta-feira, o Vitória vai apresentar-se da mesma forma como se apresentou em Felcsút, frente ao Puskás Akadémia FC: com o equipamento alternativo da temporada anterior. Apesar de todos os esforços feitos por parte desta Direção do Vitória Sport Clube para que todos os equipamentos da temporada 2022-23 chegassem a tempo dos jogos oficiais da equipa, tal não foi possível, tendo sido apenas alcançada uma solução que permitiu a chegada de um número limitado de equipamentos principais, de cor branca. Para que tal acontecesse, o Vitória Sport Clube teve de despender uma quantia financeira que, conhecida a reformulação vigente, é contraproducente em relação aos passos que estão a ser dados diariamente no ajuste do equilíbrio entre receitas e despesas.

O atraso levado a cabo em 2021 resulta que este problema venha à tona no ano em que o Vitória celebra o seu Centenário, pelo que coube, a esta Direção, resolver um problema que nasceu a montante, mas que desaguou nestes jogos que o Vitória disputa enquanto visitante. Apesar do equipamento ser da época passada, a ambição é a de sempre, e é com ela que vamos disputar, olhos nos olhos, o resultado em Split, de modo a trazer a decisão da eliminatória para a nossa casa, o nosso D. Afonso Henriques.

No que concerne à partida da 2.ª mão, em Guimarães, contamos com o apoio de todos os vitorianos e vitorianas no dia 10 de agosto, no nosso Estádio, apesar do horário que dificulta, de sobremaneira, a presença do número máximo de adeptos possível. Um jogo às 17 horas de quarta-feira não é, de todo, o horário ideal, atendendo a todos os constrangimentos que criam na vida dos nossos adeptos, sendo que a marcação do jogo para essa hora resulta de uma requisição expressa da UEFA, em consonância com as forças policiais que, havendo uma outra partida no distrito de Braga, para a mesma competição, na quinta-feira, dia 8, preferiram mudar o jogo do Vitória para quarta-feira.

Juntando a obrigatoriedade de o jogo ter de ser disputado na quarta-feira, junta-se a regra de que nenhuma competição se pode sobrepor, a nível horário, com a UEFA Champions League, razão pela qual a receção ao Hajduk Split estar marcada para a referida hora. Uma situação que não agrada a ninguém, mas que tem de ser relutantemente acatada, apesar dos esforços e tentativas de demover a decisão das entidades.

Esta mudança no horário do jogo caseiro com o Hajduk Split mexe, diretamente, com a deslocação inaugural na Liga Portugal bwin, a Chaves, que passa a ser no domingo, 7 de agosto, às 20h30, numa fase da temporada em que o Vitória tem agendados quatro jogos em 11 dias. Uma fase difícil, para todos, mas que, unidos, será ultrapassada com sucesso.

Entendemos ser fundamental que os vitorianos e vitorianas estejam a par das decisões que são tomadas, razão pela qual fazemos estes esclarecimentos, de modo a que o futuro possa ser de união entre todos os que vestem as cores do Vitória Sport Clube, sejam jogadores, dirigentes, adeptos, ou comunicação social, e todos entendam o papel que desempenham no presente e futuro do nosso Centenário Clube.

A Direção do Vitória Sport Clube