preloader

“Gratificante e algo para o qual trabalhava há muito tempo”

Gonçalo Pinto falou da recente estreia na equipa A

São mais de dez anos de rei ao peito e um sentido de compromisso cada vez maior. Gonçalo Pinto é um dos exemplos de atletas que sonham com a estreia na equipa principal. O médio sonhou e…concretizou. No passado sábado, na estreia na Allianz Cup, Gonçalo foi um dos atletas que cumpriu a sua estreia na equipa A e, ainda hoje, tem dificuldade em definir aquele momento. “Foi muito gratificante porque é algo para o qual trabalhava há muito tempo. Depois de ter alcançado este sonho, quero trabalhar ainda mais para continuar a ter presenças na equipa A”, começou por dizer.

O atleta, de apenas 19 anos, confessou ainda ter sentido “borboletas na barriga” com o nervosismo, que ultrapassou assim que “dei os primeiros passes”. Os primeiros minutos na equipa principal já foram cumpridos mas Gonçalo não quer ficar por aqui. Reconhecendo que é o jogador quem tem de “agarrar a oportunidade”, o médio também assume que o conhecimento de Moreno Teixeira apresenta da equipa B é “muito bom”. “Não vou dizer que é uma vantagem ter o mister Moreno na equipa principal, porque como ele diz, nós é que temos de ganhar as oportunidades. No entanto, o facto de o mister nos conhecer da época passada, pode ajudar a essa aposta. Já jogou no Clube e passa a mística do que é jogar num clube diferente dos outros, num clube muito grande”, atestou.

 Titular na equipa B, Gonçalo Pinto abordou ainda o percurso na Liga 3 e assegurou que “a equipa está a ganhar confiança”. “Não foi o início que desejávamos, mas isto não é como começa, é como acaba. Temos muitos jogos pela frente e a equipa está a ganhar confiança. Estamos a criar ligações mais fortes. Acredito que nos próximos jogos vamos dar uma resposta melhor e alcançar os objetivos que estavam definidos no início da época”, concluiu.