preloader

“Vitória tem de ser mais agressivo em casa”

João Henriques comentou empate diante do SC Farense

O empate na recepção ao SC Farense não agradou a João Henriques, com o técnico vitoriano a tecer algumas críticas à forma como a equipa se apresentou. “Tivemos uma entrada má no jogo mas, mesmo assim, chegámos à vantagem. A primeira parte não foi condizente com aquilo que nós queríamos. O Vitória tem de ser mais agressivo em casa, tem de ser mais equipa, com uma atitude guerreira e competitiva. Fomos penalizados por isso”, começou por dizer.

Com uma vantagem ao intervalo, os vitorianos não conseguiram manter o bom resultado, tendo sofrido um “golo surreal”. “Na segunda parte, tivemos mais oportunidades para matar o jogo e depois sofremos um golo surreal. Andámos a dizer isto vezes a mais. O Vitória está a jogar em casa, em superioridade numérica, e é impensável sofrer um golo assim e não saber gerir o golo da melhor forma. Não podemos falhar golos como falhámos. Este 2-2 é um ‘abre olhos’”, atestou.

Questionado sobre a ausência de Ricardo Quaresma no onze inicial, João Henriques falou da gestão por “acumulação de jogos”, reforçando a ambição de “somar três pontos” já em Paços de Ferreira. “Olhar para o próximo jogo com o objetivo de vencer, sabendo de antemão que vencendo igualamos o Paços e ficamos em vantagem, que é isso que queremos”, concluiu.