preloader

“Pusemo-nos a jeito”

Pepa comenta empate em Arouca

“Saímos tristes de Arouca”. É assim que Pepa se refere à partida desta noite. Para o treinador vitoriano, o empate a duas bolas diante do Arouca revelou-se uma “batalha perdida” e alerta o seu grupo para os “momentos do jogo em que temos de ser mais frios e pragmáticos”.

Por tudo isto, o técnico do Vitória considera que este “é um empate que custa a gerir e por irresponsabilidade nossa. “Tivemos oportunidades claras para fazer o 2-0 ainda na primeira parte mas pusemo-nos a jeito e o Arouca sempre acreditou. Serve de lição. Crescemos como equipa nestes momentos mas temos de ser muito mais eficazes, mais frios, mais pragmáticos e não fomos. Nas duas ocasiões que teve o Arouca aproveitou”, disse.

Os dois golos sofridos nos últimos minutos da partida foram um balde de água fria para todo o grupo e Pepa prefere “não apontar o dedo a ninguém” porque “quando erramos, erramos todos”. “Quando assim é, sabe a derrota. Isto é um coletivo e longe de mim estar a apontar o dedo a alguém, porque quando erramos, erramos todos. Saímos todos tristes de Arouca, sentimos que foi uma batalha perdida mas as guerras ganham-se no fim. Foi um soco tremendo. Que sirva para percebermos que há momentos do jogo em que temos de ser mais frios e pragmáticos”, concluiu.