preloader

Pepa: “Queremos deixar uma boa imagem neste jogo”

Treinador do Vitória SC em antevisão ao jogo com o Marítimo M.

A 9.ª jornada da Liga Portugal Bwin coloca, frente a frente, o Vitória SC e o Marítimo M., em partida agendada para as 20h15 de sexta-feira, 22 de outubro, no D. Afonso Henriques. Na antevisão ao jogo, Pepa, treinador do Vitória SC, revelou que não espera um adversário fragilizado, apesar de vir de uma eliminação da Taça de Portugal e de não vencerem há sete jogos no campeonato. “Fragilizado, não. É outra competição, outro jogo. O que acontece normalmente é querer ir lá para dentro o mais rapidamente possível. Do outro lado está uma equipa competente, com bons jogadores, com um treinador que conhece muito bem o nosso campeonato. Nesta casa, ninguém está satisfeito. Vimos de duas vitórias, mas queremos ganhar e ganhar bem. Estamos no sorteio da Taça, mas para nós isso não chega. Amanhã, queremos os três pontos e a vitória. Temos de ter muita cabeça, muita concentração, muito rigor e jogar bem, porque quando jogamos bem estamos muito mais próximos de vencer.”

Com um ciclo de jogos exigente nas próximas semanas, o treinador vitoriano afiança ter a equipa preparada para as adversidades que esse período exigente acarreta. “Sinto que está preparada. Por tudo, pelas opções que temos. Estamos preparados. Independentemente dos nomes é a frequência dos jogos. Não olho tanto para a valia dos adversários. Vem aí uma frequência tremenda de jogos, mas estamos preparados, temos opções no plantel para apresentarmos sempre o melhor 11 no respetivo jogo. O mais importante é o de amanhã, depois temos tempo para ver o que vem a seguir.”

Depois de uma exibição menos conseguida frente ao FC Oliveira do Hospital, a equipa de Pepa tem trabalhado nos aspetos que não têm sido tão constantes ao longo do desenrolar de uma partida. “O jogo são 90 minutos. Temos de ter a capacidade de manter o foco. A concentração num jogo requer algo muito específico. A concentração cansa. Já dei um exemplo: um jogador de xadrez está sentado, mas acaba o jogo exausto. No futebol, temos de estar sempre vivos, sempre alerta e isso requer uma concentração tremenda e o foco sempre no limite. Sabemos o que temos de melhorar. Jogando bem estamos sempre mais perto da vitória. Vimos de duas vitórias seguidas, mas isso não nos satisfaz.”

O jogo com o Marítimo M. marca a primeira vez em que o estádio D. Afonso Henriques não terá limitação na sua lotação, algo que Pepa pretende usar para que a equipa esteja mais perto da vitória. “Temos de aproveitar os nossos adeptos, o fator casa, a ajuda que nos dão, o vento que sentimos nas nossas costas, a empurrar-nos para a frente. Espero que estejam muitos adeptos, porque isso ajuda muito. Temos de tornar isto muito difícil para quem nos visita. Temos de ter muita energia no jogo. Temos de andar sempre com o pé na chapa, isso é inegociável. Queremos deixar uma boa imagem neste jogo.”