preloader

Pepa: “Queremos dar uma grande resposta”

Treinador vitoriano na antevisão ao jogo frente ao Boavista FC

A penúltima jornada da Liga Portugal bwin joga-se no Estádio do Bessa, com a visita do Vitória SC ao terreno do Boavista FC, uma partida com carga de importância acrescida, não só pelo que está em jogo, mas também pelo enquadramento histórico entre ambas as equipas. Para o treinador vitoriano, Pepa, este é um jogo que todos gostam de jogar. “São jogos que todos querem e gostam. Todos os jogos contam, mas há uns mais especiais. Lembro-me da deslocação a Oliveira do Hospital, para a Taça, em que houve uma romaria dos adeptos. Os adeptos do Vitória vão onde for e nós temos de ter a exigência para corresponder dentro do campo. Não nos podemos desorganizar, se estivermos ao nosso nível vai ser um jogaço”.

Alcançar o quinto lugar ainda é uma possibilidade e, depois de dois empates consecutivos, Pepa acredita que a sua equipa ainda é capaz de chegar a essa posição na tabela classificativa. “Quero olhar para a frente, para o próximo jogo, é isso que nos move. É um grande jogo, um clássico do futebol português, duas boas equipas com um historial fantástico, queremos dar uma grande resposta porque aqui ninguém desiste. Ainda é possível e nós acreditamos. Se não conseguirmos o 5.º lugar serei o primeiro a pegar no telefone e a dar os parabéns ao Ricardo Soares. Mas, há 90 minutos e queremos ganhar. O que tiver de acontecer, irá acontecer. O último jogo foi analisado, foi um jogo menos conseguido, mas a seu tempo irei falar sobre isso. Dentro das muitas contrariedades é um orgulho muito grande o que esta equipa tem conseguido. Mesmo com tudo o que nos aconteceu, queremos sempre mais. O mais importante é que vamos fazer tudo para conquistar os três pontos”.

O adversário desta sexta-feira conseguiu a manutenção na última jornada, e é uma equipa que trará dificuldades, apesar das mudanças que tem tido no passado recente. “O Boavista não alterou taticamente, tem-se adaptado aos castigos depois da saída do Sauer. Independentemente do sistema tático, é um jogo especial. Temos de o encarar com essa responsabilidade e com uma firmeza diferente. Queremos ser alegres dentro do campo e muito competentes, temos tudo para trazer os três pontos, temos de fazer o nosso”.

Chamado a treinar à equipa principal nesta semana, Dani Silva foi tema na conferência de imprensa, com o treinador vitoriano a aproveitar para expandir os elogios ao trabalho feito pela equipa B, liderada por Moreno, ao longo desta temporada. “Quero dar os parabéns a toda a estrutura da equipa B na pessoa do Moreno pelo trabalho fantástico que foi feito, a equipa esteve na fase de promoção, lutou pela subida de divisão, conseguiu grandes feitos. O principal feito foi conseguido. Com muita proximidade com a equipa B conseguimos potenciar os jovens jogadores. Eles subiram não para queimar etapas mas porque acreditamos neles. O Dani é mais um a juntar a tantos outros que treinaram e jogaram. Queremos mesmo tirar proveito da prata da casa”.